COLÁGENO TIPO 1 E TIPO 2

Data: 07/04/2021 - Cabelo, Pele e Unhas - Articulações - Ossos - Massa Muscular - Saúde da Pele

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância do colágeno. Principalmente para firmeza da pele e para articulações. Mas, qual o colágeno usar? Existem tipos de colágenos? Aqui você saberá tudo que precisa sobre colágeno e seus benefícios.

COLÁGENO TIPO 1 E TIPO 2

É fato que a preocupação com a qualidade de vida tem levado o consumidor a procurar por produtos saudáveis, que beneficiem as condições de saúde e qualidade de vida.


A mudança no estilo de vida, o cuidado com a estética e a prevenção do surgimento precoce de doenças através de uma alimentação saudável contribuem para melhorar ou manter um adequado estado nutricional. Mas, nem sempre é o suficiente. 


Assim, uma dessas buscas envolve o uso do colágeno. A princípio a obtenção do colágeno acontece através da alimentação, consumindo alimentos ricos em colágeno que são os de espécies animais (bovinos, suínos, peixes, etc.) ou por suplementação.




E, POR QUE ESTA PROCURA PELO COLÁGENO?

Com o início da fase adulta, a deficiência de colágeno começa a ser notada, pois o organismo diminui sua produção, sendo necessária a sua suplementação.


O colágeno tem vários benefícios para o organismo, pois desempenha diversas funções no corpo humano, como, manter as células dos tecidos unidas e fortalecê-las, oferecendo um aspecto jovial, responsável também pela cicatrização e/ou regeneração em caso de corte ou cirurgia, auxilia na hidratação do corpo e está relacionado ao processo do envelhecimento humano, devido possuir uma alta elasticidade e ser considerada a proteína funcional mais importante.




O que é colágeno?

O colágeno é um tipo de proteína fibrosa formada por uma família de 27 proteínas isoformas encontradas nos tecidos conjuntivos do corpo. É o composto mais importante do tecido conjuntivo e é um elemento estrutural importante em organismos multicelulares.


O colágeno existe em abundância representando cerca de 25-30% das proteínas totais do organismo, e alguns tipos de colágeno estão em maior quantidade que outros. Dentre todos os tipos de colágeno, o que existe em maior quantidade é o do tipo l, que representa cerca de 80% de todos os cinco colágenos existentes no organismo.




Colágeno do tipo I e Colágeno do tipo II



Colágeno do tipo 1: O colágeno tipo l chama atenção devido a sua quantidade, ele aparece em tendões, ossos e pele. Ele é principalmente responsável pela manutenção da resistência mecânica nos ossos.


Colágeno do tipo 2: sua forma é parecida com o tipo l, mas possui menor diâmetro. Está presente nos olhos, cartilagens e discos intervertebrais, sendo responsável pela saúde das cartilagens e articulações.




Quais os benefícios do colágeno?

O Colágeno tipo 1 oferece benefícios para a pele, como: auxiliando a manter a estrutura e elasticidade; colabora com a firmeza; ajuda a evitar o desalinhamento do contorno facial; diminui o aparecimento de linhas de expressão e rugas.


O Colágeno tipo 2 pode ser uma boa alternativa para problemas articulares para idosos ativos fisicamente. O colágeno hidrolisado tem função terapêutica positiva na osteoporose e osteoartrite, com potencial aumento da densidade mineral óssea, efeito protetor da cartilagem articular e principalmente no alívio sintomático em quadros de dor.




COMO ENCONTRO O COLÁGENO PARA COMPRAR?

Você pode encontrar no formato pó (sachês); sérum, cápsulas.

O colágeno em sua forma bruta, na forma de fibras ou pó, pode ser submetido à reação de hidrólise, que leva à produção da gelatina e do colágeno hidrolisado.


O colágeno hidrolisado tem composição de aminoácidos, fornecendo um alto nível de glicina e prolina, dois aminoácidos essenciais para a estabilidade e a regeneração das cartilagens que oferecem efeitos benéficos ao organismo.


A gelatina é uma proteína completamente desnaturada, consequentemente, pode ser usada na indústria de alimentos apenas como agente emulsificante e não como fonte de fibras nutritivas.




Existem efeitos colaterais no Colágeno 1 e Colágeno 2?

Até o momento não se sabe se o consumo de suplemento de colágeno faz mal. Entretanto, ele pode causar efeitos colaterais, como sensações de peso, azia e reações alérgicas. 


Recomenda-se a utilização do COLÁGENO para pacientes de idade adulta. O uso do COLÁGENO durante o período de amamentação também não é recomendado




Onde comprar o Colágeno?

A BIOFASE é uma das mais conceituadas Farmácias de Manipulação no Estado de Santa Catarina e também com loja virtual, manipula com perfeição a dose certa do Colágeno tipo I e Colágeno tipo II, exclusivamente para você.




COLÁGENO TIPO 1


Sachê de Colágeno Hidrolisado (Tipo I) 10 Gramas com Vitamina C 500mg: Um organismo saudável necessita de Colágeno Hidrolisado (Tipo I) para a manutenção do tônus muscular e de uma pele firme. A vitamina C desempenha um papel importante na expressão gênica do colágeno, na secreção celular de procolágeno e na biossíntese de outras substâncias do tecido conectivo, como elastina, fibronectina, proteoglicanos e elastina associada à fibrilina. Contraindicação: Fenilcetonúricos: contém fenilalanina.


Colágeno Hidrolisado 10g - 30 sachês de Colágeno sabor Laranja: auxilia na redução de peso, combate a flacidez, melhora a elasticidade da pele e trabalha na firmeza dos músculos. Contraindicação: Fenilcetonúricos: contém fenilalanina.




COLÁGENO TIPO 2

Articula On - B2Cool ® 40mg + Mobilee ® 40mg: obtido da cartilagem do frango por um processo patenteado pela Bioibérica. É colágeno nativo, pois não sofre alterações na sua estrutura.

Age através de um mecanismo imunomediado denominada tolerância oral, modulando a resposta imune contra o colágeno tipo II endógeno, levando a redução da inflamação e da degradação de colágenos nas articulações. Atua na saúde e mobilidade das articulações, permitindo seus movimentos sem dor.


B2COOL: é um Colágeno nativo Tipo 2, o que quer dizer que não sofre alterações na sua estrutura e é indicado para a prevenção e redução dos danos ocasionados em articulações.

Em testes realizados com pessoas com osteoartrite, demonstrou um poderoso aliado contra a dor e, além de diminuir a inflamação e reduzir o inchaço, ajuda a modular a resposta imunológica, ajudando o organismo como um todo a alcançar mais qualidade de vida.

É indicado para prevenção e redução dos danos articulares para pacientes que apresentam degeneração articular e praticantes de atividades físicas de alto impacto.


CartiMax-II: é uma fórmula desenvolvida pela Biofase. Além do colágeno tipo 2 em maior concentração, CartiMax-II possui outros ativos que atuam diretamente na saúde das articulações com um todo:

Ácido Hialurônico - manutenção e regulação da hidratação dos tecidos e facilita o transporte de nutrientes para as células, assim como remoção de resíduos metabólicos. Atua como absorvente do choque mecânico, além das suas funções como lubrificante, também tem funções anti-inflamatórias e analgésicas;

Vitamina K2 - MK-7 - responsável por manter o funcionamento adequado da osteocalcina (proteína envolvida na regulação da maturação óssea) através da ativação do processo de carboxilação dessa proteína;  

vitamina D3 - regulação do metabolismo do cálcio e fósforo por meio de controle dos processos de absorção intestinal e reabsorção renal desses íons, mantendo-os em concentrações plasmáticas suficientes para assegurar a adequada mineralização e o crescimento ósseo em crianças e adolescentes e a saúde óssea global em todas as etapas da vida. Contraindicação: Não é recomendado o uso concomitante com varfarina ou outros anticoagulantes, pois pode inibir o efeito desses fármacos.




Referência

LIMA, Kaique Cezar Thiago de; CARVALHO, Marlana Barbosa Carrijo de. Bioestimuladores de colágeno (S/D). Disponível em: https://www.unirv.edu.br/conteudos/fckfiles/files/KAIQUE%20CEZAR%20THIAGO%20DE%20LIMA.pdf. Acesso em: 21 mar. 2021.


FERREIRA DA SILVA, Tatiane; BARRETTO PENNA, Ana Lúcia. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Rev. Inst. Adolfo Lutz (Impr.), São Paulo, v. 71, n. 3, 2012. Disponível em <http://periodicos.ses.sp.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-98552012000300014&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 21 mar. 2021.


Sandra Bonfanti

Farmacêutica