PAPO DE MULHER: Vamos falar sobre CLIMATÉRIO?

Data: 01/12/2020 | Climatério

É preciso compreender esta fase da vida da mulher em relação as alterações percebidas no climatério, para uma melhor qualidade de vida.

PAPO DE MULHER: Vamos falar sobre CLIMATÉRIO?


O CLIMATÉRIO é um período de transição, com duração variável no ciclo biológico da mulher, podendo começar em diferentes idades, sendo mais frequente por volta dos 40 anos.


Nesse período ocorre a menopausa definida como a interrupção permanente da menstruação e reconhecida após 12 meses consecutivos de amenorreia.


Nesta fase ocorre alterações na fisiologia feminina, onde aparecem sintomas que podem comprometer a qualidade de vida da mulher:

  • Alterações hormonais que levam as menstruações abundantes e com maior duração;
  • Ondas de calor, sudorese noturna, calafrios, palpitações, cefaleia, tonturas, insônia, perda da memória, concentração e fadiga.
  • Diminuição da autoestima, irritabilidade, labilidade afetiva, sintomas depressivos, dificuldades sexuais e ganho de peso.
  • osteoporose devido perda óssea
  • alteração na pele – diminuição da produção de colágeno.
  • Manifestações urogenitais: sintomas vaginais (ressecamento e sangramento), frequência urgência miccional


Os sintomas do climatério têm tratamento medicamentoso e não medicamentoso. É fundamental acompanhamento com o ginecologista. Não tome remédio sem prescrição médica.




Tratamentos medicamentosos:

  • Terapia hormonal – a reposição de estrogênio para aliviar fogachos e suores noturnos, bem como prevenir a perda de massa óssea. 
  • Antidepressivos – alguns antidepressivos podem auxiliar a reduzir os fogachos. Este tratamento é indicado muitas vezes para mulheres que, por algum motivo, não podem se beneficiar do tratamento hormonal;
  • Fitoterápicos – Medicamentos fitoterápicos podem ser prescritos pelo médico para ajudar no alívio dos sintomas e também indicados às mulheres que por algum motivo não devam utilizar hormônios.




Comportamentos saudáveis para aliviar os sintomas do Climatério

  • Buscar um estilo de vida mais saudável
  • Dieta saudável: Adotar uma dieta rica em fibras, legumes, vegetais, frutas, cálcio e pobre em gordura, carne vermelha e carboidratos.
  • Evitar o tabagismo, a cafeína e bebidas alcoólicas;
  • Praticar exercícios físicos
  • Higiene do sono – tentar manter uma rotina consistente para um boa noite de sono.
  • Hidratação




Referências:

FEBRASGO - Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia. Manual de Orientação Climatério (2010)


Sandra Bonfanti

Farmacêutica