REMÉDIO PARA MELHORAR A MEMÓRIA

Data: 07/03/2021 | Memória

Veja se estas situações lhe são familiares: onde coloquei a chave do carro? O que eu ia falar mesmo? Como se chama aquele negócio de furar papel? E, assim acontece com as pessoas no dia-a-dia.

Às vezes recorremos a recursos que nos auxiliam a lembrar: uma estrelinha de caneta na mão, post its na geladeira, no espelho, no computador, notificação agendada no celular, entre outros.


Para todas as atividades diárias é preciso uma boa memória. Mas, o estresse do dia a dia, a correria, andar no automático, faz com que episódios de falta de memória te peguem de surpresa. Com o avanço da idade, a memória pode ficar ainda mais comprometida e deve ser investigada por um profissional especializado.


Você já parou para pensar que o cérebro humano é um dos órgãos mais complexos que existe, composto de milhões de neurônios que executam diferentes funções, desde uma simples tarefa às mais complexas como armazenar informações, recuperar informações, entre outras.


VAMOS ENTENDER COMO A MEMÓRIA ACONTECE?

Os sentidos da visão, da audição, olfato e tato alimentam o cérebro com as informações das experiências diárias. Estas informações, o cérebro transforma em estímulos químicos que são codificados e transmitidos para os neurônios.


Os neurônios captam os estímulos e armazenam as imagens, áudios, odores e todas informações relevantes para serem usados sempre que for necessário.


Todas as informações que foram codificadas e armazenadas ficam à disposição para a recuperação. Assim, sempre que uma situação exigir relembrar, o cérebro ativa a busca dos “arquivos” onde as memórias para as tarefas estão armazenadas.

O que fazer para melhorar a memória? Quais os tratamentos ou remédios que podem ajudar?

 

O QUE CAUSA FALTA DE MEMÓRIA

Os problemas que causam falta de memória são variados e devem ser investigados. Aqui elencamos os mais comuns como:

  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Falta de atenção;
  • Depressão;
  • Síndrome de Burnout;
  • Hipotireoidismo;
  • Uso de certos tipos de remédios controlados;
  • Excesso de bebidas alcoólicas;
  • Falta de vitamina B12 e outras;
  • Demência;
  • Alzheimer.


COMO AJUDAR A SUA MEMÓRIA?

A boa notícia que a maioria das causas de falhas memória são prevenidas, implementado hábitos de vida saudáveis:

  • Meditação;
  • Técnicas de relaxamento;
  • Dormir bem;
  • Alimentação saudável e equilibrada;
  • Atividade físicas regulares;
  • Treino da memória.


É importante consultar-se com um neurologista ou geriatra para investigar as possíveis causas da perda de memória e iniciar o tratamento correto.


QUAIS OS PRODUTOS NATURAIS QUE PODEM AUXILIAR NA FALHA DE MEMÓRIA?

É necessária uma avaliação médica para diagnosticar a causa exata e receber a indicação do tratamento correto.

 

Também existe remédio e suplemento natural que atuam estimulando o aumento da circulação sanguínea no cérebro e, assim melhorando a memória.

Há também vitaminas que ativam a memória, nutrindo e prevenindo doenças e envelhecimento precoce do cérebro. Algumas vitaminas e nutrientes que auxiliam o cérebro a desempenhar melhor as funções de memória podem ser encontradas em alimentos consumidos diariamente e, também em produtos naturais que são adicionadas à alimentação: Vitamina B9 (ácido fólico); Ômega 3 (ácido graxo); Vitamina E (antioxidante); Vitamina C (antioxidante).


ONDE COMPRAR OS PRODUTOS NATURAIS PARA MEMÓRIA?

Para ajudá-lo a melhorar a memória, uma ótima alternativa é adicionar a sua rotina um remédio manipulado. Os medicamentos manipulados da Biofase, são excelentes aliados para a sua saúde mental.


No e-commerce da Biofase, você encontra diversas opções que atuam para melhorar a memória, e, oferecem inúmeros benefícios, como aumentar a capacidade de concentração, diminuir a sensação de fadiga e até mesmo prevenir doenças neurodegenerativas.


Dentre as opções que você encontra na Biofase, está o Ginkgo Biloba que oferece um tratamento efetivo. Também temos o 5-HTP+Ginseng, um poderoso composto que combate o estresse e a fadiga, além de ajudar a relaxar e a melhorar a capacidade de concentração.


Referência

COSTA, Fabiana Pinheiro da. Memória não é só decoreba: um estudo sobre ação docente como potencializadora da aprendizagem (2012). Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/67876. Acesso em: 28 fev. 2021.

 

Sandra Bonfanti

Farmacêutica