O que você precisa saber sobre a Ioimbina

Data: 17/05/2021 | Metabolismo Massa Muscular Vasodilatadores Energia

Existem muitos ingredientes encontrados em suplementos pré-treino que são, digamos, de proveniência duvidosa. Ioimbina definitivamente não é um deles. Tudo o que você precisa saber sobre Ioimbina - desde como funciona até a ciência que apoia seu uso - é explicado aqui.

O que você precisa saber sobre a Ioimbina

É útil ter um suplemento pré-treino disponível que também pode combater a queima de gordura. Se você está procurando um pré-treino, mulheres e homens podem usar essa substância, você deve procurar um produto com Ioimbina.

Nunca ouviu falar de ioimbina antes? Pode não ser tão comum quanto alguns outros compostos encontrados em suplementos pré-treino, mas isso não significa que não tenha mérito.



O que é Ioimbina?

Ioimbina vem da planta Pausinystalia johimbe, que é uma planta encontrada na África central e ocidental. Ela contém uma substância conhecida como ioimbina. 

A ioimbina é um alcaloide de sabor amargo e pode contribuir para uma ampla gama de reações químicas no corpo.

Muitos suplementos de musculação e perda de peso contém ioimbina em uma de duas formas: extrato de casca de ioimbina ou HCl de ioimbina.

O extrato da casca é uma forma concentrada em pó da casca da planta. A ioimbina HCL, por outro lado, é uma versão isolada da molécula de ioimbina, extraída da casca da dita planta. Ambas as fontes de ioimbina podem ter um impacto poderoso no corpo.



Como funciona?

Ioimbina atua estimulando o sistema nervoso simpático. O sistema nervoso simpático é parte do sistema nervoso autônomo do corpo (o sistema responsável por controlar os processos inconscientes, como frequência cardíaca, frequência respiratória, resposta pupilar e digestão).

Quando o sistema nervoso simpático é estimulado, a resposta de “luta ou fuga” do corpo é ativada. Isso, por sua vez, desencadeia a liberação de neurotransmissores conhecidos como catecolaminas. As duas catecolaminas que desempenham um papel significativo na resposta de luta ou fuga são adrenalina (ou epinefrina) e noradrenalina (ou norepinefrina).

Quando essas catecolaminas são liberadas na corrente sanguínea, você fica mais alerta e a temperatura corporal e a pressão arterial aumentam. Essencialmente, seu corpo entra em ação e fica preparado para enfrentar quaisquer obstáculos que possam estar em seu caminho.

No entanto, desencadear a resposta de luta ou fuga e a liberação de catecolaminas não se trata apenas de repelir ameaças em potencial. As catecolaminas que seu corpo libera em resposta à estimulação do sistema nervoso simpático também se ligam a receptores especiais nas células de gordura (conhecidos como receptores alfa-2 adrenérgicos). Quando isso acontece, podem ocorrer efeitos de queima de gordura.