COMO CUIDAR DOS MÚSCULOS

Data: 01/11/2021 - Farmácia de Manipulação - Metabolismo - Massa Muscular - Saúde

Os músculos fortes são fundamentais para o funcionamento e execução correta de vários movimentos que realizamos ao longo do dia. Ou seja, ter músculos resistentes protege os ossos e articulações, melhora o metabolismo e previne a ocorrência de lesões articulares.

COMO CUIDAR DOS MÚSCULOS

Por isso, fortalecer os músculos é importante para a saúde e para proteger ossos e articulações. Através de musculação, Pilates e atividade físicas regulares promovemos fortalecimento da musculatura, gerando ganho de massa magra e oferecendo menos riscos de lesões musculares. 


Com músculos fortes e saudáveis, em conjunto com os ossos, que formam o sistema músculo esquelético, permitem nossa sustentação e movimentação.


Porém, é importante sempre ter orientação profissional antes de iniciar qualquer atividade.


O QUE É PERDA DE MASSA MUSCULAR?


A perda de massa muscular é natural durante o processo de envelhecimento. Ela inicia a partir dos 40 anos e resulta em um decréscimo anual de 1% a 2% da massa, e de 1,5% da força.

Durante esse processo, mudanças no tecido muscular também ocorrem. Por isso, idosos são uma das populações vulneráveis à perda de massa muscular.


Assim, como mulheres na menopausa e indivíduos submetidos a procedimentos bariátricos, cuja perda de massa muscular pode chegar a 35% do peso perdido durante o processo de emagrecimento. 


QUAIS OS EFEITOS DA PERDA DE MASSA MUSCULAR? 


A perda acentuada de massa muscular pode resultar em consequências negativas, como aumentar o risco de sarcopenia (síndrome caracterizada redução de força e massa muscular, bem como função muscular prejudicada).


Se nosso corpo não tiver proteínas e nutrientes suficientes, ele começará a retirá-los dos músculos para ganhar a energia necessária, gerando a perda de massa muscular.


QUAIS OS CUIDADOS PARA EVITAR A PERDA DE MASSA MUSCULAR?


Para minimizar a perda de massa muscular, estudos mostram que o consumo de dieta hiperproteica (priorizando os diferentes tipos de carne, verduras e laticínios no geral) pode reduzir a gordura corporal e preservar a massa muscular.


Além disso, o consumo adequado de micronutrientes (minerais e vitaminas) na dieta atua na função muscular, na saúde óssea, estresse oxidativo, modulação da imunidade, inflamação e estética corporal.


DICAS QUE AUXILIAM NA SAÚDE DOS MÚSCULOS 


ATIVIDADES FÍSICAS REGULARES 

Faça exercícios regulares, incluindo treinamento de resistência, para manter os músculos saudáveis e a força.


CONSUMO DE PROTEÍNAS 

Inclua na sua dieta boas fontes de proteína como carnes magras, ovos e feijões e tenha como objetivo 25 a 30 gramas de proteína em todas as refeições.


DIETA BALANCEADA

Opte por uma dieta repleta de vegetais, frutas, grãos integrais, proteínas, gorduras saudáveis e vitaminas e minerais importantes, como cálcio e vitamina D.


AUMENTE SEUS NÍVEIS DE HMB

O HMB é um composto natural vital para a saúde muscular. O HMB também é naturalmente produzido em alimentos como abacate, por exemplo. Ele avisa ao corpo para preservar as células musculares existentes, principalmente quando o organismo está sob estresse que causa a perda muscular


ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL

Converse com o seu médico ou nutricionista a respeito de sua nutrição, pois é importante minimizar ou tratar a perda muscular.



COMPRE AQUI os melhores Manipulados para Definição Muscular


Acesse o site da BIOFASE e conheça todos os produtos da Categoria ESPORTES



Referências Filho ETC, Klein El, Soares RR, Medicina Preventiva. In: Geriatria: fundamentos, clínica e terapêutica/Filho ET de C., Netto MP. 2ª ed. São Paulo: Editora Atheneu; 2005