ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA K

Data: 18/06/2021

Sabe quais os alimentos que são ricos em vitamina K? Qual a importância da vitamina K para meu corpo? A vitamina K tem contraindicação? Aqui você irá conhecer tudo sobre a Vitamina K.

Continue lendo até o final... deixe seu comentário ou dúvida. Teremos o prazer de responder. 

A vitamina K é um importante cofator para a síntese de proteínas envolvidas na coagulação do sangue, está envolvida na mineralização óssea, na calcificação e no controle de crescimento e também na longevidade. 






O QUE É A VITAMINA K?

A vitamina K pertence a um grupo de compostos lipossolúveis e estão presentes em diversos alimentos, tanto de origem animal como vegetal.

Os alimentos vegetais com alto teor de vitamina K geralmente apresentam aspecto verde escuro e folhoso, representando as fontes mais significativas desta vitamina.


De acordo com a estrutura química, a vitamina K apresenta-se de quatro formas distintas, sendo estas:

Filoquinona (vitamina K1): que é a principal forma da vitamina K encontrada nos óleos, vegetais, hortaliças e chás;

Menaquinona (vitamina K2): a qual é sintetizada a partir de bactérias que compõem o trato intestinal de humanos e de diversos animais;

Menadiona (vitamina K3): um componente sintético que pode ser convertido em K2 no intestino;

Diihidrofiloquinona (dk): que é formada durante a hidrogenação industrial de óleos vegetais que são ricos em K1.






QUAIS AS FUNÇÕES DA VITAMINA K?

 A vitamina K controla a síntese de proteínas (fatores de coagulação), importantes para a coagulação sanguínea, controle de sangramentos e favorecendo a cicatrização;

Melhora a densidade óssea, estimulando uma maior fixação do cálcio nos ossos e nos dentes, prevenindo a osteoporose;

Evita hemorragias em bebês prematuros, promovendo a coagulação do sangue;

Sua dosagem no sangue constitui importante marcador biológico da atividade osteoblástica.






QUAIS AS FONTES ALIMENTARES/NUTRICIONAIS DA VITAMINA K?



A forma predominante de vitamina K nos alimentos é a filoquinona. A vitamina K é amplamente distribuída em alimentos de origem animal e vegetal.

São fontes alimentares de vitamina K:

Vegetais verde-escuros e folhosos: espinafre, couve, salsa, agrião e mostarda, brócolis, nabo, couve-de-bruxelas, repolho, pepino com casca, cebolinha verde, nabo, aspargo, abacate, ervilhas, quiabo;

Frutas: kiwi, abacate, uva, ameixa, figo e mirtilo;

Carnes: fígado (boi, frango e porco) e ovos;

Óleos: soja, canola, milho, algodão, oliva e maionese.

Chás: chá preto e chá verde;

A vitamina também está concentrada na porção lipídica do leite e de laticínios ricos em gordura.

A casca das frutas e dos vegetais parece ter maiores concentrações de vitamina do que a polpa.






COMO ACONTECE A ABSORÇÃO DA VITAMINA K?

A vitamina K é absorvida no intestino delgado e transportada pelas vias linfáticas. Necessita de um fluxo normal de bile e suco pancreático, além de um teor adequado de gordura na dieta.

Alguns fatores podem interferir na absorção como a fisiologia do indivíduo, doenças específicas, má absorção gastrintestinal, secreção biliar, estado nutricional, ingestão insuficiente das fontes dessa vitamina, uso de anticoagulantes cumarínicos, nutrição parenteral total (NPT) e ingestão de megadoses de vitaminas A e E (antagonista da vitamina K).






QUAL A DOSE DIÁRIA RECOMENDADA DE VITAMINA K?

A ingestão diária de aproximadamente 1µg por quilo de peso é considerada a mais segura, inclusive para a utilização de anticoagulantes orais, em que a concentração estável da vitamina proporciona a eficácia no tratamento.






O QUE CAUSA A DEFICIÊNCIA DA VITAMINA K?

A deficiência de vitamina K é rara, mas pode acontecer. A deficiência é detectada através de sintomas como hemorragias, sangramentos, equimoses, melena, hematúria, hematêmese e osteoporose.






QUANDO USAR SUPLEMENTOS DE VITAMINA K?

Os suplementos de vitamina K só devem ser usados sob orientação do médico ou do nutricionista e apenas quando existir uma deficiência dessa vitamina no sangue, que pode ser identificada através de exames de sangue.

É contraindicado para bebês prematuros, pós-cirurgia bariátrica e pessoas que usam medicamentos para reduzir a absorção de gordura no intestino, pois a vitamina K é dissolvida e absorvida juntamente com a gordura dos alimentos.






ONDE COMPRAR VITAMINA K?

O catálogo da BIOFASE é formado por excelentes opções de produtos vitamínicos, elaborados especialmente para você.

Confira todos os nossos produtos e leve agora mesmo as soluções que melhor atendem às suas necessidades. Aproveite também para conhecer outros medicamentos na categoria de Saúde.






Referência

DÔRES, Sílvia Maria Custódio das; PAIVA, Sérgio Alberto Rupp de; CAMPANA, Álvaro Oscar. Vitamina k: metabolismo e nutrição (2001). Disponível em: https://www.scielo.br/j/rn/a/xVfssYSZdh435bSRPBSfQCh/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 30 mai. 2021.

LOPES, Mafalda Cunha de Castro Pinheiro. Aconselhamento Farmacêutico em Suplementação Alimentar (2013). Disponível em: https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/4171/1/DISSERTA%C3%87%C3%83O%20DE%20MESTRADO%20Mafalda%20Lopes.pdf. Acesso em: 30 mai. 2021.

 

Sandra Bonfanti

Farmacêutica