25/05/2022

ALIMENTOS QUE ESTIMULAM A PROGESTERONA

Vamos conhecer melhor a progesterona e quais alimentos que estimulam a produção da progesterona? Curtiu o tema? Então, continue lendo e, você saberá tudo que precisa sobre Progesterona e alimentos que estimulam sua produção.

Através de uma dieta saudável com consumo de alimentos específicos, você pode garantir bons níveis desse hormônio. É fundamental buscar uma avaliação com nutricionista e médico endocrinologista para entender como atua a progesterona no organismo feminino e sua função, além de orientações sobre alimentos que podem favorecer a estimulação da produção da progesterona.

 

O QUE É PROGESTERONA?

A progesterona é um hormônio esteroide sexual feminino que é responsável por regular o ciclo menstrual da mulher, preparando o útero para receber o óvulo fertilizado e evitar que este seja expulso pelo corpo. É um hormônio muito importante no processo de gravidez.

A progesterona é um modulador chave das funções reprodutivas normais. Estas funções incluem a ovulação, desenvolvimento uterino e das glândulas mamárias, e a expressão neurocomportamental associada com a capacidade de resposta sexual. É essencial para o estabelecimento e manutenção da gravidez.

 

COMO ELA ATUA NO ORGANISMO FEMININO?

Geralmente, os níveis de progesterona aumentam após a ovulação, e caso exista uma gravidez, mantêm-se altos para manter o desenvolvimento das paredes do útero. Porém, caso não exista gravidez, os ovários deixam de produzir progesterona, levando à descamação do revestimento do útero, o que causa então a menstruação.

Durante a TPM, devido ao aumento nos níveis de progesterona, ocorre uma retenção de sal e água, e esta é responsável pelo edema, distensão abdominal, dor e sensibilidade nas mamas, assim como o consequente aumento de peso.

 A secreção de progesterona está associada à termorregulação corporal, promovendo aumento da temperatura basal do corpo e vasodilatação periférica, propiciando maior fluxo sanguíneo induzindo à transpiração. Esse aumento da excreção de água e sódio pelos rins, pode contribuir para maior retenção de fluídos.

 Sua principal função é preparar a membrana mucosa do útero para receber o óvulo. Além, estimula o preparo das mamas para a produção de leite

 

COMO OS ALIMENTOS PODEM AJUDAR NA ESTIMULAÇÃO DA PROGESTERONA?

Uma boa alimentação é essencial para garantir o equilíbrio das funções hormonais. É de suma importância para saúde da mulher procurar um acompanhamento com o profissional nutricionista que através de terapias nutricionais e dietas individualizadas pode ajudar a equilibrar o nível de progesterona.

Alguns alimentos podem estimular a sua fabricação pelo organismo.

 

 

Abacate: fonte de gorduras benéficas que ajuda na saúde do coração, é indicado para aumentar os níveis de progesterona no organismo. O abacate auxilia no gerenciamento do estresse, controlando o cortisol e com isso ajuda no aumento da progesterona.

 

Fontes de L-arginina: é um tipo de aminoácido que podem ser encontrados em alimentos como atum, carne de porco (lombo é o mais magro), frango, peru, salmão, lentilha, semente de abóbora que quando consumido a longo prazo, ajuda a manter a progesterona alta. Indica-se a suplementação através de manipulados em cápsulas da L-Arginina.

Fontes de vitamina B6 (piridoxina): atua aumentando os níveis de progesterona no organismo, o que é importante para o controle dos ciclos menstruais e redução dos sintomas da TPM. Os alimentos como amêndoas, avelãs, castanhas em geral, nozes, frango, salmão, carne bovina, banana, espinafre, batata são alguns exemplos. Se preferir suplementação confira a vitamina B6 em cápsulas.

Fontes de vitamina C: mantém os níveis de progesterona dentro do ideal e são encontrados em alimentos como frutas (abacaxi, acerola, caju, goiaba, kiwi, laranja, morango, tangerina); legumes e verduras (brócolis, couve-flor, pimentão, couve-manteiga e repolho).

Fontes de zinco: podem ajudar no controle da progesterona e são encontrados em alimentos como carne bovina, frango, frutos do mar, gérmen de trigo, oleaginosas e sementes de abóbora. Uma ótima opção é o complemento com o manipulado Vitamina C + Zinco.

Fontes de magnésio é um mineral importante para manter a progesterona em equilíbrio. Alimentos como abóbora, alcachofra, aveia, banana, espinafre, oleaginosas, chocolate 70% cacau, semente de abóbora.

 

Caso você leitora, tenha facilidade em ganhar peso, recomenda-se a suplementação destas vitaminas, minerais e aminoácidos com produtos manipulados. Deixo abaixo minha sugestão de suplementação, clique nas imagens para mais informações de qualidade sobre os produtos:

 

COMO AUMENTAR A PROGESTERONA DE OUTRAS FORMAS?

Buscar hábitos saudáveis para evitar algum desequilíbrio hormonal é fundamental. Para isso, mantenha o peso corporal saudável, gerencie o estresse e faça atividade física regularmente.

 

Sandra Bonfanti - Farmacêutica

  • A partir de: R$ 56,00
    Comprar

    L-Arginina 1000mg

    Aumento de massa muscular com L Arginina 1000mg, promove mais facilmente o desenvolvimento dos músculos. Clique e confira!

  • Por: R$ 41,90
    Comprar

    L-Arginina 500mg | 60 Cápsulas

    Aumento de massa muscular com L Arginina, promove melhor desenvolvimento dos músculos. Clique e confira!

  • Por: R$ 59,90
    Comprar

    Zinco Quelato 30mg - 60 Cápsulas

    Zinco quelato tem ação anti-inflamatória na acne, também diminui a produção de sebo, um dos principais desencadeadores das espinhas na pele.

  • Por: R$ 29,50
    Comprar

    Vitamina B6 - 30 Cápsulas

    A vitamina B6 reduz o risco de doenças cardíacas, ajuda na manutenção do sistema imunológico e sistema nervoso central. A vitamina B6 mantém a imunidade fortalecida e é uma aliada da saúde do coração.

Meu Carrinho

Ganhe Frete Grátis a partir de
R$ 170 em compras.
sul e Sudeste
Continuar Comprando